O Sentido da Vida.


Quem somos nós ? O fazemos aqui ? Para onde vamos ? Todos fazemos essas perguntas e as repetimos várias vezes ao longo de uma vida.


Uma das definições que mais me tocaram veio de Thomas Keating, um padre católico, autor de muitos livros e que dirige retiros de prática da "oração contemplativa" em todo o mundo.Sem qualquer conotação para esta ou aquela religião, Thomas define o sentido da vida como um processo espiritual: "O início da jornada espiritual é o reconhecimento, não apenas a informação, mas a real convicção interior, de que há uma força superior, ou Deus. Em outras palavras, é o reconhecimento de que há um "Outro" .

O segundo passo é tentar tornar-se esse "Outro". O passo final é reconhecer que não há um "Outro". É reconhecer que Você e o "Outro" são um só. Sempre foram. Sempre serão. Você simplesmente é que achava que não era." Para mim essa ideia foi tão interessante que não resisti em registrá-la no blog. Espero que apreciem.

#Autoconhecimento